O Melhor site de questões do Brasil!

Questões sobre Concordância verbal, Concordância nominal

Aumentar letra Diminuir letra

Palavra-chave:
questões com comentários do professor novo!
Novo site do QC
ImprimirImprimir página | Exibindo 1 de 5 de 1912 no total.
Questões por página:
1 Q428462   Imprimir
Prova: IESES - 2014 - IGP-SC - Auxiliar Pericial - Criminalístico

Atenção: Nesta prova, considera-se uso correto da Língua Portuguesa o que está de acordo com a norma padrão escrita.
 
                    CENSO DOS MAGISTRADOS 
Um terço das juízas diz ter mais dificuldades que homens na função

     Adaptado de em: http://www.conjur.com.br/2014-jun-27/terco-juizas- dificuldades-homens-funcao 27 de junho de 2014, 12:11h. Acesso em 25 jul. 2014.

     Aproximadamente um terço das juízas (29%) afirma enfrentar mais dificuldades no exercício da magistratura do que seus colegas homens. Os dados fazem parte do Censo dos Magistrados, feito pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ no fim de 2013. Dos cerca de 10,8 mil julgadores que participaram do levantamento, 36% são mulheres.

     A maioria das entrevistadas (87%) considera os concursos para a magistratura imparciais. Passada a fase de ingresso, 14% delas relataram ter mais problemas nos processos de remoção e promoção do que os juízes. Na Justiça Federal, esse índice dobra (28%). No exercício da função, parte das juízas afirmou que o fato de serem do sexo feminino causou reações negativas de jurisdicionados (25%) e de outros profissionais do sistema de Justiça (30%). De acordo com duas em cada três julgadoras entrevistadas, suas vidas pessoais são mais afetadas pela carreira que as dos colegas homens.

     O objetivo do estudo foi identificar o perfil da magistratura brasileira. Dos 16.812 magistrados em atividade no país, 10.796 responderam ao questionário eletrônico proposto pelo CNJ — um índice de 64%. Com informações da assessoria de imprensa do CNJ. 


Releia o segundo parágrafo do texto, prestando atenção aos mecanismos de concordância empregados: “A maioria das entrevistadas (87%) considera os concursos para a magistratura imparciais. Passada a fase de ingresso, 14% delas relataram ter mais problemas nos processos de remoção e promoção do que os juízes. Na Justiça Federal, esse índice dobra (28%).”

Agora, assinale a única alternativa correta.

  • a) A concordância também estaria correta em: A maioria das entrevistadas (87%) consideram os concursos para a magistratura imparciais.
  • b) A concordância também estaria correta em: 14% delas relatou ter mais problemas nos processos [...].
  • c) Também estaria correta a seguinte construção: 14% delas relataram terem mais problemas nos processos [...].
  • d) A simples substituição da expressão “a fase” por “o período” não alteraria a correção do período.



2 Q430270   Imprimir
Prova: FEPESE - 2014 - MPE-SC - Procurador

Texto associado à questão Ver texto associado à questão

Assinale a alternativa correta, considerando o texto 1.

  • a) No primeiro período do texto, a forma verbal “constitui” está no singular por concordar com a expressão partitiva “uma das estratégias mais comuns”.
  • b) No segundo parágrafo, estão na voz passiva analítica as orações: “Pouquíssima atenção tem sido dedicada ao papel privilegiado da cultura […]” e “Esse conjunto de padrões foi possibilitado e inaugurado pelos impérios modernos”.
  • c) Cada uma das expressões sublinhadas “do passado”, “do presente” (primeiro período do primeiro parágrafo) e “da cultura” (primeiro período do segundo parágrafo) está funcionando como complemento nominal de um substantivo abstrato derivado de verbo.
  • d) No primeiro parágrafo do texto, as palavras sublinhadas “passado”, “presentes” e “futuras” estão funcionando como adjetivos caracterizadores de diferentes momentos temporais
  • e) No segundo parágrafo, os constituintes sintáticos “pouquíssima atenção”, “sombras consideráveis” e “os locais mais remotos do mundo” estão funcionando como objeto direto de verbos de ação: “tem sido dedicada”, “lança” e “unificaram”, respectivamente.



3 Q430271   Imprimir
Prova: FEPESE - 2014 - MPE-SC - Procurador

Texto associado à questão Ver texto associado à questão

Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras ( V ) e as falsas ( F ), considerando as regras de concordância verbal da língua portuguesa.

( ) Em “Um terço dos candidatos não [fazer] a redação.”, a concordância verbal é opcional (fizeram/fez).

( ) Em “Não [poder] haver contratações durante o período eleitoral.”, o verbo deve ficar no plural (podem).

( ) Em “Aproximadamente 40% dos jogadores [morar] no interior do estado.”, o verbo pode ficar no plural ou no singular (moram/mora).

( ) Em “Nem um nem outro [comparecer] à entrevista.”, o verbo deve ficar no singular (compareceu).

( ) Em “Cada um dos candidatos [precisar] preencher seu formulário de inscrição.”, o verbo pode ficar no plural ou no singular (precisam/ precisa)

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

  • a) V • V • V • F • F
  • b) V • F • V • F • V
  • c) V • F • F • V • F
  • d) F • V • F • V • F
  • e) F • F • F • V • V



4 Q428096   Imprimir
Prova: FCC - 2014 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista Judiciário - Tecnologia da Informação

                     Novas fronteiras do mundo globalizado 


     Apesar do desenvolvimento espetacular das tecnologias, não devemos imaginar que vivemos em um mundo sem fronteiras, como se o espaço estivesse definitivamente superado pela velocidade do tempo. Seria mais correto dizer que a modernidade, ao romper com a geografia tradicional, cria novos limites. Se a diferença entre o “Primeiro” e o “Terceiro” mundo é diluída, outras surgem no interior deste último, agrupando ou excluindo as pessoas.
     Nossa contemporaneidade faz do próximo o distante, separando-nos daquilo que nos cerca, ao nos avizinhar de lugares remotos. Neste caso, não seria o outro aquilo que o “nós” gostaria de excluir? Como o islamismo (associado à noção de irracionalidade), ou os espaços de pobreza (África, setores de países em desenvolvimento), que apesar de muitas vezes próximos se afastam dos ideais cultivados pela modernidade.

              (Adaptado de: ORTIZ, Renato. Mundialização e cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994, p. 220)

As normas de concordância verbal estão plenamente observadas na frase:

  • a) Costumam-se criticar os defeitos das coisas antigas, sem se atentarem aos perigos que deriva da má utilização das novas.
  • b) Os vários processos de exclusão social, aos quais se aludem no texto, provam que carece de compreensão e tolerância os rumos da nossa história.
  • c) Não se atribuam às tecnologias mais avançadas o ônus de serem também nocivas, já que toda a responsabilidade cabe a quem as manipulam.
  • d) Caso não venha a faltar às novas tecnologias um autêntico padrão ético, não haveremos de temer as consequências que decorrerem de seu emprego.
  • e) Muita gente, na vertigem dos dias atuais, passam a criticar sem razão as novas tecnologias, às quais não cabem ser responsáveis por seus efeitos.



5 Q428098   Imprimir
Prova: FCC - 2014 - TRT - 1ª REGIÃO (RJ) - Analista Judiciário - Tecnologia da Informação

                     Novas fronteiras do mundo globalizado

     Apesar do desenvolvimento espetacular das tecnologias, não devemos imaginar que vivemos em um mundo sem fronteiras, como se o espaço estivesse definitivamente superado pela velocidade do tempo. Seria mais correto dizer que a modernidade, ao romper com a geografia tradicional, cria novos limites. Se a diferença entre o “Primeiro” e o “Terceiro” mundo é diluída, outras surgem no interior deste último, agrupando ou excluindo as pessoas.
     Nossa contemporaneidade faz do próximo o distante, separando-nos daquilo que nos cerca, ao nos avizinhar de lugares remotos. Neste caso, não seria o outro aquilo que o “nós” gostaria de excluir? Como o islamismo (associado à noção de irracionalidade), ou os espaços de pobreza (África, setores de países em desenvolvimento), que apesar de muitas vezes próximos se afastam dos ideais cultivados pela modernidade.


          (Adaptado de: ORTIZ, Renato. Mundialização e cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994, p. 220)

Todas as formas verbais estão adequadamente empregadas quanto ao sentido e corretamente flexionadas na frase:

  • a) Ainda ontem nos contemos diante do seu entusiasmo, desistindo de o dissuadir de que nós é que estávamos certos.
  • b) O que contribue para a globalização não diminui os abismos que sempre se interporam entre as classes sociais.
  • c) Muitas pessoas já se contraporam, no passado, aos abusos que adviram com as novidades tecnológicas.
  • d) O que sobrevier à globalização proverá ou não de razão os argumentos utilizados pelo autor do texto.
  • e) Se alguém se dispor a concordar com suas opiniões, satisfazer-se-á em se manter passivo diante da globalização?



Imprimir

Copyright © 2007-2014 Questões de Concursos. Todos os direitos reservados.