O Melhor site de questões do Brasil!

Questões sobre Psicologia Hospitalar

Aumentar letra Diminuir letra

Palavra-chave:
questões com comentários do professor novo!
Novo site do QC
ImprimirImprimir página | Exibindo 1 de 5 de 23 no total.
Questões por página:
1 Q244108   Imprimir    Questão média

O índice de acertos para essa questão está na faixa de 41% a 60%.
Prova: FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário - Psicologia

Ao receber um pedido de consulta espera-se que o interconsultor siga as seguintes etapas:

  • a) elaboração de diagnósticos situacionais; coleta de informações com o médico, paciente, enfermagem, familiares e outros informantes; acompanhamento diário da evolução da situação, devolução e assessoramento.
  • b) coleta de informações com o médico, paciente, enfermagem, familiares e outros informantes; elaboração de diagnósticos situacionais; devolução e assessoramento; acompanhamento diário da evolução da situação.
  • c) acompanhamento diário da evolução da situação; coleta de informações com o médico, paciente, enfermagem, familiares e outros informantes; devolução e assessoramento; elaboração de diagnósticos situacionais.
  • d) devolução e assessoramento; elaboração de diagnósticos situacionais; acompanhamento diário da evolução da situação; coleta de informações com o médico, paciente, enfermagem, familiares e outros informantes.
  • e) acompanhamento diário da evolução da situação; coleta de informações com o médico, paciente, enfermagem, familiares e outros informantes; elaboração de diagnósticos situacionais; devolução e assessoramento.



2 Q74180   Imprimir    Questão muito fácil

O índice de acertos para essa questão está na faixa de 81% a 100%.
Prova: CESPE - 2009 - DETRAN-DF - Analista - Psicologia
Disciplina: Psicologia | Assuntos: Psicologia Hospitalar

Texto associado à questão Ver texto associado à questão

O psicólogo que, em parceria com um médico, atende um motorista de caminhão cardiopata, sobrevivente de um infarto agudo do miocárdio, deve se empenhar em desenvolver e fortalecer os comportamentos de adesão ao tratamento do paciente e deve informar ao médico as condições psicológicas do paciente que possam interferir na sua saúde cardiológica, mas deve manter sigilo sobre os demais eventos referidos durante o tratamento.

  • Certo      Errado



3 Q98331   Imprimir    Questão difícil

O índice de acertos para essa questão está na faixa de 21% a 40%.
Prova: UNIRIO - 2008 - UNIRIO - Psicólogo

No cotidiano hospitalar, constata-se que diversas famílias de pacientes internados apresentam dificuldades em lidar com as rotinas e procedimentos hospitalares, ocasionando inúmeros conflitos com as equipes de saúde. Assim, a interação com a família é vista por ambos os lados como estressante, insatisfatória e limitada. Segundo os estudos vigentes, o psicólogo face a esse quadro, poderá contribuir para a minimização dessas dificuldades, buscando

  • a) organizar grupos de apoio aos familiares e sugerir à equipe a implantação de um horário mais flexível para as visitas.
  • b) eliminar as diferentes visões dos familiares e da equipe quanto aos processos de adoecimento e cura e incentivar o intercâmbio entre as partes.
  • c) colocar limites às reações de irritabilidade, ansiedade e agressividade da família e solicitar à equipe de saúde que acate o princípio da humanização.
  • d) orientar a família quanto à necessidade de respeitar as rotinas hospitalares e conscientizar a equipe quanto à importância de segui-las.
  • e) esclarecer a direção do hospital quanto à necessidade de mudanças das rotinas e auxiliar no processo de implantação das alterações sugeridas.



4 Q98332   Imprimir    Questão fácil

O índice de acertos para essa questão está na faixa de 61% a 80%.
Prova: UNIRIO - 2008 - UNIRIO - Psicólogo

A doença, ao contribuir para a destruição da integridade corporal, assim como a dor e o sofrimento, podem se constituir em fatores de desagregação afetivo-emocional da pessoa. Portanto, cabe ao psicólogo, ante essa realidade,

  • a) solicitar ao médico o uso de analgésicos mais adequados, facilitando, dessa forma, a relação da equipe com o doente.
  • b) ajudar o doente a aceitar o sofrimento em sua vida, favorecendo novas aprendizagens a partir de suas perdas e deficiências.
  • c) trabalhar com o paciente questões de atribuição de sentido à sua condição atual, a fim de contribuir para a diminuição ou mesmo eliminação do sofrimento.
  • d) clarificar para o doente os mecanismos fisiológicos da dor, fornecendo-lhe conhecimentos fundamentais ao controle psicológico do sofrimento.
  • e) orientar a equipe de saúde quanto à importância do processo de medicalização do espaço público, visando à democratização de novos recursos.



5 Q98333   Imprimir    Questão muito difícil

O índice de acertos para essa questão está na faixa de 0% a 20%.
Prova: UNIRIO - 2008 - UNIRIO - Psicólogo

Uma das situações-problema na área de saúde hospitalar constitui-se na despersonalização crescente dos cuidados de saúde. O paciente é visto como mais um prontuário, um caso clínico referente ao leito x, interno na enfermaria y, e, sendo que, inúmeras vezes, não é informado e esclarecido quanto aos diagnósticos, às rotinas e às mudanças dos procedimentos médicos e hospitalares. Esses fatos geram grande ansiedade e tensão para o paciente, agravando, por vezes, o seu estado clínico. Os estudos e pesquisas feitos sobre as origens de tal situação- problema indicam a influência

  • a) da preocupação com a relação custo-benefício no cuidar; da presença, cada vez maior, de entidades legais permeando os cuidados com a saúde, assim como, da tecnologização do cuidado.
  • b) da visão mecanicista dos profissionais de saúde; da valorização do biológico em relação ao processo saúde doença; da ênfase na relação médico-paciente como fator de cura.
  • c) da falta de preparo dos profissionais que integram as equipes de saúde; da mercantilização dos cuidados com a saúde do outro; das diferenças culturais entre o médico e o paciente.
  • d) das deficiências na formação dos profissionais da equipe de saúde; das dificuldades dos profissionais em lidar com suas próprias fragilidades; das resistências do paciente em aceitar o seu estado de saúde.
  • e) dos protocolos universais que unificam padrões e formas de conduta; da ênfase na perspectiva biomédica característica da formação dos profissionais de saúde; da desvalorização do psicólogo como elemento da equipe.



Imprimir

Copyright © 2007-2014 Questões de Concursos. Todos os direitos reservados.