1. Comentado por Diogo Costa Alves há 9 meses.

    Sintetizando tudo, o erro da questão está no seguinte:

    1 - O fecho não deve ser enumerado (este é o verdadeiro erro da questão).

    2 - As cartas, em princípio, não devem ser numeradas seqüencialmente, à exceção das unidades organizacionais que as utilizam, com freqüência, em caráter oficial (este é um erro secundário que, a meu ver, não é cobrado na questão mas que também poderia justificar o gabarito). 


    O resto do que foi dito nos comentários é pura extrapolação ou especulação. =]



  2. Comentado por Lucia M. de Oliveira há 11 meses.

    Perfeito o comentário acima. O único erra da questão é porque o fecho foi numerado. O fecho é um outro item do padrão ofício e não precisa ser numerado. Já a numeração dos parágrafos é obrigatória no Padrão Ofício  para o Ofício, Aviso e Memorando, exceto se estiverem em descritos em itens ou títulos e subtítulos.

    Bons estudos a todos!



  3. Comentado por Gisele há 11 meses.

    3.1. Partes do documento no Padrão Ofício

    O aviso, o ofício e o memorando devem conter as seguintes partes:

    a) tipo e número do expediente, seguido da sigla do órgão que o expede:
    Exemplos:
    Mem. 123/2002-MF Aviso 123/2002-SG Of. 123/2002-MME
    b) local e data em que foi assinado, por extenso, com alinhamento à direita:
    c) assunto: resumo do teor do documento
    d) destinatário: o nome e o cargo da pessoa a quem é dirigida a comunicação. No caso do ofício deve ser incluído também o endereço.
    e) texto: nos casos em que não for de mero encaminhamento de documentos, o expediente deve conter a seguinte estrutura:
    – introdução, que se confunde com o parágrafo de abertura, na qual é apresentado o assunto que motiva a
    comunicação.
    – desenvolvimento, no qual o assunto é detalhado; se o texto contiver mais de uma idéia sobre o assunto, elas devem ser tratadas em parágrafos distintos, o que confere maior clareza à exposição;
    – conclusão, em que é reafirmada ou simplesmente reapresentada a posição recomendada sobre o assunto.

    Os parágrafos do texto devem ser numerados, exceto nos casos em que estes estejam organizados em itens ou títulos e subtítulos.

    E a enumeração começa já no primeiro paragrafo. O erro da questão se dá ao fato de estar enumerado também o fecho.


    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/manual/manual.htm



  4. Comentado por Bruno David há aproximadamente 1 ano.

    Além do fecho estar numerado, não ocorre numeração no padrão ofício, mas apenas no memorando e no ofício, pois no aviso os parágrafos não são numerados.



  5. Comentado por Cristiane há aproximadamente 1 ano.

    O texto no padrão ofício, segue duas formas de correspondências: a argumentativa e a informativa. A correspondência argumentativa apresenta seus parágrafos numerados, exceto nos casos em que estes estejam organizados em itens ou títulos e subtítulos com a estrutura introdução, desenvolvimento e conclusão. A correspondência informativa apresenta apenas introdução e desenvolvimento, sem numeração de parágrafos, já que o objetivo é apenas informar ou comunicar algo.
    O erro está na afirmação de que o objetivo de numerar parágrafos é 
    facilitar a alusão a qualquer informação do documento. 
    O objetivo é defender, fundamentar o assunto (solicitação ou proposta, por exemplo), ou seja, argumentar.




  6. Comentado por Renato Cascon há aproximadamente 1 ano.

    Rafael Mesquita,
    O comando da questão deixa claro que não deve ser levado em consideração o tom jocoso usado no texto, logo, seu teor é irrelevante pra matar a questão.
    Tive dúvidas, mas o comentário de alguns colegas esclareceu o erro: o fecho está numerado como parágrafo.
    Abraço



  7. Comentado por Rafael Mesquita há aproximadamente 1 ano.

    Pessoal, acredito que o erro está TAMBÉM no fato de ser escrita em tom jocoso, não necessáriamente será, ou quase sempre não será! Visto que jocoso é algo que provoca riso... Fica aqui a dica!



  8. Comentado por fernando há aproximadamente 1 ano.

    Pelo que pede o enunciado "segue a norma de numeração que deve ser aplicada aos parágrafos contidos no texto do padrão ofício", é o suficiente para matar a questão, o fecho foi enumerado. Ponto.
    Errado



  9. Comentado por Gabriela Cosmo há mais de 2 anos.

    Na minha humilde opinião, o erro está no fato de ter-se numerado o fecho, assemelhando-o aos parágrafos anteriores, o que está em desacordo com o Manual da Presidência.



  10. Comentado por Ana Paula Borges há mais de 3 anos.

    Para que seja aplicada os padrões de oficio, a carta precisa incluir:

    1. tipo e número do expediente, seguinda da sigla do órgão que o expede. Ex.: Of.123/202-MME
    2. assunto: resumo do teor do documento, e;
    3. local e data em foi assinado, por extenso, com alinhamento à direita
    4. destinatário: o nome e o cargo da pessoa a quem é dirigida a comunicação. Além disso incluir o endereço.

    Exemplo

    Ofício nº 524/1991/SG-PR
                                                                                                                                                           Brasília, 27 de maio de 1911.

    A Sua Excelência o Senhor
    Deputado Federal.....
    Câmara dos Deputados
    70.160-900 - Brasília - DF

    Assunto: Demarcação de terra indígenas

                     Senhor Deputado,

    1.              ...............................

    2.              ..............................

    3.              .............................

    Atenciosamente,

                        Nome
                         Cargo



  11. Comentado por marcos rogerio ribeiro há mais de 3 anos.

    Olá colegas,

    Antes de cometerem extrapolações no que diz respeito a interpretação do enunciado, vejam o que ele "somente cobra":

    "APESAR (...),segue a norma de numeração que deve ser aplicada aos parágrafos contidos no texto do padrão ofício, princípio que tem o objetivo de facilitar a alusão a qualquer informação do documento".

    Conforme devidamente fundamentado por alguns ilustres colegas, QUESTAO ERRADA.



  12. Comentado por rafael artuzo há mais de 3 anos.

    A numeração começa a partir do segundo parágrafo, com o número 2.
    Não é necessário numerar o primeiro parágrafo, muito menos o fecho.



  13. Comentado por daniel há mais de 3 anos.

    creio que o erro está no espaçamento do texto em relação a numeração, visto que este deveria ser de 2,5 cm.



  14. Comentado por Rogério Marques há mais de 3 anos.

    Amigos, segundo a norma da ABNT NBR 6024 que trata da numeração de parágrafos diz que não se usa o ponto depois do último número. Ex: 1.2. e 1. ou ainda 2. Sendo estas todas formas erradas de numerar os parágrafos. O correto é 1.2  e apenas 1 ou 2 antes dos parágrafos sem o ponto depois do número.

    Errado: 1.2.1.

    Correto: 1.2.1

    Errado: 2.

    Correto: 2

    Veja a norma link: http://www.cchla.ufpb.br/ccs/pdf/Normas%2520ABNT/NBR6024%255B1%255D.pdf



  15. Comentado por Claudia Regina há mais de 3 anos.

    "Item errado"

    Acredito que seja pelo fecho (Reitero protestos de estima e consideração) que não se numera, como também o vocativo (Excelentíssima Senhorita). Gostaria dessa confirmação!!!

    Bom estudo! :-)



  16. Comentado por Rodrigo Silveira Anjos há mais de 3 anos.

    As cartas, em princípio, não devem ser numeradas seqüencialmente, à exceção das unidades organizacionais que as utilizam, com freqüência, em caráter oficial.

    Fonte: manual de redaçao da ANA.

    Sugiro para estudos é melhor que o manual da presidência, por incrível que pareça!!!!



  17. Comentado por Breno Abreu há mais de 3 anos.

    Senhores,

    Creio que o erro está somente na questão do espaçamento entre paragrafos, todas as demais colocações, ao meu ver, são infundadas.

    • h) deve ser utilizado espaçamento simples entre as linhas e de 6 pontos após cada parágrafo, ou, se o editor de texto utilizado não comportar tal recurso, de uma linha em branco; (pg 13 do manual / 21 do pdf)
    Abraços



  18. Comentado por Danniella Souza de Melo há mais de 3 anos.

    Pra mim o erro está no fato de ser uma CARTA, como diz a questao, e a estrutura de uma CARTA, de acordo com o Manual, nao requer nenhuma numeraçao, a nao ser que sejam frequentes, caso em que será usado o padrao básico de diagramaçao.



  19. Comentado por Rafael Concurseiro há mais de 3 anos.

    De acordo com o Manual da Presidência, os parágrafos do texto do padrão ofício (padrão seguido pelos expedientes ofício, aviso e memorando com algumas diferenças sutis) "devem ser numerados, exceto nos casos em que estes estejam organizados em itens ou títulos e subtítulos.". Dessa forma, como não há nenhuma disposição em contrário, os expedientes ofício, aviso e memorando podem sim ter parágrafos numerados. Então, só vejo duas possibilidades de erro:

    1) os parágrafos do texto da questão estarem organizados em itens (o que para mim não acontece); ou

    2) o erro estar no trecho "princípio que tem o objetivo de facilitar a alusão a qualquer informação do documento.".

    Como não há nenhuma referência a esse princípio, acredito que o erro esteja nesse trecho.

    P.S. No aviso a numeração dos parágrafos é obrigatória sim, exceto nos casos em que estes estejam organizados em itens ou títulos e subtítulos.

    P.S.2 Na introdução do texto do tipo ofício deve haver numeração sim!! Há até um exemplo na página 13 (ou página 23 do PDF) mostrando tal.



  20. Comentado por mcscardinali há mais de 3 anos.

    A correspondência oficial na modalidade "Aviso" não possui numeração dos parágrafos.



  21. Comentado por Marcemiliano Cardoso há mais de 3 anos.

    Há um exemplo no próprio MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA - 2ª edição, em que o 1º parágrafo também está enumerado.



  22. Comentado por Alexandre Giacomin há mais de 3 anos.

    Errado.

    Segundo o Manual da Presidência da República de 2002, todos os parágrafos do texto deveriam ser numerados, exceto no ofício, que é a partir do segundo.



  23. Comentado por Guilherme Camargo há mais de 3 anos.

    ITEM ERRADO

    acredito que o erro esteja em - princípio que tem o objetivo de facilitar a alusão a qualquer informação do documento.



Ocultar